Deadpool 2 – Referências, clichês e mais referências

Cássio Murilo . Há 3 anos atrás

Vocês provavelmente já assistiram algum filme do Adam Sandler; Provavelmente mais de um; E se ele lançar alguma outra coisa, vocês já sabem bem o que vão encontrar por lá. Adam Sandler tem uma receita que ele segue e a gente já sabe o que esperar. Mesmo assim, muitos de nós continuamos indo assistir porque a tal receita funciona pra quem curte o gênero.

Deadpool 2 tem a mesma receita que já conhecemos do nosso Malvado Favorito (como foi divulgado em referência num dos posters do filme): piadas sobre tudo e todos, referencias ao universo cinematográfico e carreira dos atores, violência escancarada e clichês.
Felizmente os trailers do filme não estregam nada muito significativo sobre a história, até porque ela não é lá muito elaborada e a gente consegue desvendar em minutos. O que te prende no filme não é saber o que vai acontecer (até porque, de verdade, a gente consegue desvendar em minutos… sem brincadeira), mas sim saber como as coisas vão acontecer; Quais as situações bárbaras e “culhudas” vão aparecer na tela em meio às referencias, piadas e clichês.

Eu sei que tô usando muito essas palavras, mas o filme acaba se segurando exatamente nisso. Inclusive, o próprio Deadpool afirma como o roteiro do filme é fraco, mas isso se torna uma piada, a gente ri e acaba deixando de lado.
A película começa com um drama grande demais até pra alguém que tira sarro de tudo como o Wade. A partir daí vemos uma abertura a lá 007 ao som de Celine Dion com “Ashes”, sequências de lutas destruidoras, participações hiper especiais e Zazie Beetz como Domino.
Parte do pouco de situações inesperadas no filme, se dá por conta dela e da sua sorte. Quem acha que sorte não é poder, PRECISA conhecer essa mulher. Depois de tantas tretas por conta da escolha da atriz pro personagem, ela se tornou uma das melhores coisas de todo o filme.

O elenco todo acaba sendo muito bem afiado. A propósito, pro Deadpool não basta lançar um filme tão perto do lançamento de Guerra Infinita e fazer piadas com os Vingadores; É preciso ousar mais e pegar até o vilão dos caras!
Josh Brolin, que interpreta Thanos em Avangers, surge como Cable: Um “filho” do Exterminador do Futuro com o Soldado Invernal que Wade precisava pra fazer mais um apanhado de piadas e referências.

É isso. Deadpool 2 mantém a receita que já conhecemos sem grandes novidades, mas funciona pra quem curte. Igual ao Adam Sandler. Eu digo: Vão assistir sim. Vão bem tranquilo, esperando diversão. E clichês. E referencias haha’

E sobre cena pós-créditos: A MELHOR DE TODOS OS TEMPOS! FIQUEM ATÉ O ULTIMO MOMENTO E ASSISTAM!

Título: Deadpool 2 (EUA, 2018)

Lançamento: 17 de Maio de 2018

Duração: 2h

Gênero: Ação/Comédia

Direção: David Leitch

Elenco:  Ryan Reynolds, Josh Brolin, Zazie Beetz

Escala: 3/5 acarajés.

 

Dançarino, drag queen, aquariano, admirador de cultura POP, filmes antigos, fast food e com um fascínio por mudar o cabelo e esfumar os olhos.

Comentários