Lucifer – 1ª e 2ª temporada – O Rei do submundo ajudando a policia?

Wendell Almeida . Há 4 anos atrás

“Lucifer Morningstar, entediado e infeliz como o Senhor do Inferno, renuncia seu trono e abandona seu reinado para tirar férias em Los Angeles, onde inaugura uma casa noturna com a ajuda de sua aliada demoníaca chamada Mazikeen. Após presenciar o assassinato de uma pessoa que conhecia, Lucifer conhece a linda e corajosa Detetive Chloe Decker, que o fascina por sua coragem, mas, principalmente, por parecer não cair em seus encantos — tanto naturais quanto sobrenaturais. Além de seu envolvimento com a polícia, o anjo é intimado por seu irmão Amenadiel a voltar para o inferno, lugar da qual supervisionava desde o início dos tempos”

A serie é uma adaptação do dos quadrinhos, que trouxe Lucifer como protagonista do Spin-Off de The Sandman.

A primeira impressão que se tem ao começar o piloto é que aquela série que vai ter um estilo Constantine, Van helsing ou Devil May Cry, mas ao ir assistindo, deu pra notar uma série bem humorada, com um Lúcifer carismático e que pelas avaliações das pessoas, conseguiu conquistar os fãs.

Um dos pontos principais da serie foi o bom trabalho na construção do personagem. A equipe conseguiu formular a ideia da série no próprio personagem, desde a escolha de quem iria atuar no papel, a forma com que o Lucifer se apresenta, como as ambientações se encaixam no contexto do personagem e até mesmo na apresentação do mesmo (roupas, estilo de vida e tudo mais).

O roteiro é bem construído, tendo apenas alguns deslizes no final da segunda temporada, e dá ao Lucifer características bem peculiares a imagem que se tem ao nome, principalmente quando o assunto são pecados por exemplo. A forma vaidosa de se vestir e de manter a sua imagem, a luxúria das suas festas, a ira em algumas cenas e algumas outras características que dá para se notar durante a série, sem falar em como eles conseguiram dar um tom preciso de humor a serie, trazendo um personagem sarcástico e bem despreocupado com os padrões morais humanos (o que esperar do senhor do inferno, não é?).

A escolha dos atores foi bem acertada, os que fizeram parte das duas temporadas foram muito bem em suas atuações, principalmente a dos personagens principais: Tom Ellis (Lucifer) e Lauren German (Chloe Decker), eles se mostraram uma grande dupla e totalmente opostos. A Chloe o lado mais racional da coisa, bem tranquila, dedicada e que sempre seguia as regras do jogo enquanto o Lucifer estava sempre a aprontar das suas, dando pouca importância as regras o que criou as cenas mais engraçadas da série.

Acredito que a segunda temporada em si poderia ter tido um final mais elaborado. Primeiro por terem estendido a temporada até os 22 episódios e no meio acabar cortando 4 episódios que ficariam apenas para a temporada seguinte, e deram um toque de novela mexicana , aquela coisa que parece que vai ser resolvido e volta a estaca 0 (exageraram no suspense e no drama).

Os últimos 4 episódios da última temporada (14-18), foram bem perdidos no quesito roteiro ficando um pouco confuso o entendimento e acredito que o arco da segunda temporada poderia ter sido um pouco mais explorado em alguns pontos, quem sabe até ter mantido a série com os 12 episódios por temporada e dividido o arco em 2 temporadas (como foi feito na quarta temporada de Vikings por exemplo), e assim daria para construir melhor a identidade de personagens que foram estavam na primeira temporada e foram para a segunda, explorar melhor algumas lacunas que a primeira temporada deixou, e que a todo momento dava a ideia de que as respostas estariam claramente na segunda, e também explorar mais alguns personagens que surgiram na segunda temporada que vieram com papéis decisivos dentro da tramas, mas acabaram passeando como apenas mais um coadjuvante da história. Mas mesmo com essa saída do caminho da metade da segunda temporada em diante, a série é bem divertida e vale muito a pena se ver.

Dia 02 de Outubro ele estará de volta e em problema maior ainda para resolver. A direção da série disse que os fãs podem esperar bastante dessa temporada e que nela serão preenchidas algumas lacunas que ficaram das temporadas anteriores, então, vamos esperar e conferir as próximas aventuras do anjo de Los Angeles.

 

Nome: Lucifer
Lançamento: 25 de janeiro de 2016
Duração: 45 minutos/ep – 2 Temporadas
Direção: Karen Gaviola
Showrunner: Joe Henderson
Elenco: Tom Ellis, Lauren German, Kevin Alejandro, D.B. Woodside, Lesley-Ann Brandt, Scarlett Estevez, Rachael Harris, Tricia Helfer, Aimee Garcia, Lindsey Gort
Gênero: Romance policial e Comédia dramática,
Nota: 4,5 / 5

Soteropolitano, 25 anos. Administrador, colunista nas horas vagas, poeta, cronista, crítico de filmes da Sessão da Tarde, seriados do SBT e livros que compra sem ter tempo de ler.

Comentários