A Morte Te Dá Parabéns – Um clichê nada óbvio

Scárlath Gabardo . Há 4 anos atrás

Mil suspeitos e apenas um assassino. A Morte Te Dá Parabéns tem o estilo de filmes que fizeram sucesso nos anos 2000, se passando no campus de uma faculdade, envolvendo alunos que fazem parte de uma fraternidade e te fazendo desconfiar da boa vontade de todas as personagens.

Tree, uma típica menina má de universidade, é assassinada no dia do seu aniversário. Porém, no dia seguinte, acorda mais uma vez no mesmo dia, onde é assassinada novamente, e revive esta data,  tentando assim descobrir quem é seu verdadeiro assassino.

Com um extenso quadro de inimigos não declarados, ela se vê num pesadelo eterno, riscando diariamente os suspeitos de sua lista e tentando encontrar uma maneira de não morrer novamente. Na repetência desse fatídico dia, Tree encontra a oportunidade de se tornar uma pessoa diferente, principalmente quando observa que a cada vez que morre, volta mais fraca e tem menos chances de recuperar seu amanhã.

Quando a repetição do filme começa a se tornar maçante, a história introduz um humor bastante cativante, sem seguir o padrão de humor de filmes de terror, que beira o ridículo, com piadas pouco engraçadas e excesso de sangue e vísceras por todos os lados.  A fuga de um assassino implacável, apesar de ser bem previsível em alguns aspectos, se torna muito interessante e te envolve totalmente na trama, mostrando também o outro lado da protagonista e te fazendo torcer muito por ela.

O duo clichê de sons inesperados e iluminações, feitos para dar susto no espectador, é novamente muito bem aplicado no filme, que apesar de eficazes, conseguem fazer a cena carregar uma descontração bem interessante.

Ainda que o filme seja “um novo clássico do terror” surpreendente, por não ser totalmente obvio – apesar da narrativa mega conhecida no gênero – deixa a ponta do looping da morte da protagonista totalmente solta, aberta a interpretações. Não há nenhuma justificativa que realmente explique o motivo dela reviver o dia de sua morte dezenas de vezes. Apesar disso, o mix de gêneros e a famosa perseguição serial killer silenciosa, fazem do filme uma ótima escolha para ser vista no cinema.

Nome:  A Morte Te Dá Parabéns (Happy Death)
Data de lançamento no Brasil: 12 de Outubro de 2017
Duração:  1h 36min
Direção:  Christopher Landon
Elenco:  Jessica Rothe, Israel Broussard, Charles Aitken
Gênero:  Terror/ Suspense
Nota:  4,5/5

Soterocuritibana, 24 anos. Um poço raso de paciência, fã incurável de filmes de terror.

Comentários