Necromancia- Por onde você pode começar (ou não)!

Vinicius Dias . Há 3 anos atrás

Necromancia é a arte de se comunicar com o mundo espiritual para obter informações do passado, do futuro ou do pós-vida por meio da evocação dos mortos ou dos espíritos destes, utilizando-se ou não dos restos mortais que pertenceram a outras pessoas. A necromancia também pode ser muito mais que se comunicar com os mortos, mas também trabalhar com ressurreição, reencarnação e muitos outros trabalhos utilizando de práticas totalmente desumanas nos dias atuais, podendo referir-se à feitiçaria ou magia negra. A cerimônia mais tradicional vem dos próprios gregos antigos. Na Antiguidade, outras religiões pagãs da Europa adotaram a necromancia, mas elas acabaram sendo esquecidas devido a propagação do cristianismo.

O necromante, ou seja, o praticante do culto poderia invocar um morto de variadas formas. Desde o ato de usar roupas do falecido e permanecer sentado por dias seguidos, até mutilar e comer carne humana. Ou ainda, comer partes do corpo do cadáver pertencente ao espírito que deveria ser invocado. O local para a realização dos ritos também era muito importante, visto que os lugares com maior espiritualidade sempre eram os preferidos (como cemitérios, igrejas ou locais abertos). Geralmente poucas pessoas participavam do ritual (o necromante, a pessoa que desejava se comunicar e alguns convidados dela).

Nos quadrinhos podemos encontrar diversos necromantes, a exemplo de Selene (Marvel), Kel’thuzad (World Of Warcraft), Senhor Destino (DC Comics), Calypso (Marvel), entre outros. Já na literatura, a prática da necromancia já era citada desde Odisséia de Homero. Na trilogia do Senhor dos Anéis, o personagem Sauron era um necromante.

Quando falamos de filmes, geralmente encontramos esse tema ser debatido em clássicos antigos. Então, se você está procurando algo muito elaborado como as novas produções cinematográficas pode m ir guardando o tabuleiro ouija.

No que diz respeito a filmes, podemos encontrar o tema sendo debatido em “Häxan – A Feitiçaria Através dos Tempos” um filme mudo sueco- dinamarquês do ano de 1922 que basicamente é um estudo de como a superstição e a incompreensão de doenças e doença mental poderiam levar para a histeria das caças às bruxas. Muitos comparam esse filme a filmes de horror, devido a algumas cenas bem impactantes (você pode encontrar o filme online).

Necromancia é um filme de 1972, dirigido por Bert I. Gordon e conta a história do Sr. Cato, proprietário de uma fábrica de brinquedos na pequena cidade de Lilith,, onde todos são praticantes de rituais satânicos. O Sr. Cato vê, na chegada de uma nova moradora, a oportunidade de trazer o seu falecido filho de volta a vida.

Na série: American Horror Story: Coven, podemos encontrar duas personagens  necromantes: A Marie Laveau (bruxa vodu) e a bruxa Misty Day e em Rick Riordan, Percy Jackson e os Olimpianos, o personagem Nico di Angelo tem a necromancia como um dos poderes herdados do pai, Hades.

Para os amantes de jogos, no jogo “Darksiders 2”, um dos Quatro Cavaleiros do Apocalipse, Morte, é um necromante. Tanto nas séries citadas, quantos nos jogos, o tema não é muito bem explorado. Mas se dermos uma pequena pesquisada pelo mundo cibernético podemos encontrar mais sobre essa prática que acreditem… muita gente ainda faz.

E você? Sabe em qual arte podemos encontrar a necromancia? Fala aqui pra gente.

 

26 anos, formado em Letras, Espanhol e Literaturas e grande fã de filmes de terror.

Comentários