Overcooked – A cozinha maluca

Andreza Beluska . Há 3 anos atrás

Eu confesso que já me imaginei no MasterChef, fazendo muitos pratos deliciosos, mas decidi acordar para a realidade.. O mais próximo que chego disso é jogando Overcooked.

Imagina você fazendo sopas, hambúrgueres, pizzas, peixe com fritas… E COM O TEMPO ESGOTANDO! Overcooked é um joguinho bem legal para passar o tempo (é sério, você não vê as horas passando), e é ótimo para jogar com o parceiro(a) ou com os amigos. Os pedidos não param de chegar, o tempo está esgotando, e você tem que ser o mais ágil possível para não deixar a comida queimar e entregá-la a tempo.

 

Ele tem um estilo meio arcade, com aquela coisa de uma, duas, ou três estrelas nas fases, o que é importante, pois você precisa delas para desbloquear níveis mais altos.  Além disso, tem uma história de fundo que remete a uma viagem no tempo. Você está em uma época e tem o desafio de alimentar uma almôndega monstra gigante, e tem um rei cebola (MASOQ), que te faz voltar no tempo para desenvolver suas habilidades como cozinheiro. À medida que você avança, os anos vão passando, e você terá de cozinhar para alimentar a almôndega gigante nos níveis finais.

À medida que vou avançando de fase, eu percebo que não são os personagens que desenvolvem habilidades ou novas técnicas… São os cenários que mudam, e aí está todo o tchan desse jogo maravilhoso. Ele começa numa cozinha aparentemente normal, e os níveis vão ficando cada vez mais doidos!  Os ambientes ficam com-ple-ta-men-te diferentes! Aparecem ratos que pegam seus ingredientes (WAAAAAAAT!?), o chão é de lava (literalmente), de gelo, dois a três caminhões que juntam e separam numa rodovia, uma cozinha completamente escura onde você se guia com uma lanterna, e você ainda vai cozinhar no espaço!

O jogo tem opção competitiva(versus) e co-op. No modo versus, você e seu oponente estão dentro da mesma cozinha e disputam para ver quem finaliza mais pedidos, mas tem um porém… Se você estiver no 1×1, terá de controlar dois personagens praticamente ao mesmo tempo! No modo co-op, que está dentro do modo de campanha, cada pessoa controla um personagem, e aí a “comunicação eficiente’’ entra em cena, pois ambos precisam se organizar para entregar o máximo de pedidos possível, antes do tempo esgotar, afim de conseguir pontuação suficiente para ganhar as estrelas que servem para desbloquear as fases seguintes.

É engraçado de jogar em dupla porque é necessário ter comunicação de forma eficiente, se dividindo entre as tarefas de cortar ingredientes, fritar carne, peixe, batata, ficar atento à pizza no forno, e até mesmo lavar louça suja para servir os pedidos (confesso que nem sempre dá certo, e acabo vacilando em alguma coisa). Imagine a loucura que é fazer isso, em rounds que duram de 3 a 5 minutos!

Infelizmente, o jogo não tem modalidade multiplayer online, mas ainda assim é divertido jogar sozinho! É só organizar onde cada personagem vai ficar, e ser ágil.

O jogo dá uma certa nostalgia, porque os personagens se movem no estilo do jogo Bomberman, o gráfico é tão bonitinho, tão fofinho, a trilha sonora é agradável, porém chiclete (eu dormia e acordava com a musiquinha na cabeça), e você ainda vai ganhando novos personagens, podendo ser uma pessoa, um gato amarelo e até um guaxinim numa cadeira de rodas, hehehe.

Overcooked está disponível para PC(Steam), Xbox One, PS4 e Nintendo Switch

A única coisa negativa é jogar, ficar com água na boca por ver tanta gordice, dar uma pausa no jogo e ver que só tem achocolatado e pão pra comer, hahaha

level 2.2, cosplayer, cosmaker, nerd, quase veterinária, amante eterna de Skyrim e Dragon Age.

Comentários