Spacey/Plummer: a possível mudança de tom em “Todo o Dinheiro do Mundo”

Nerd com Dendê . Há 3 anos atrás

Há uma semana, a Sony liberou o novo trailer de “Todo o Dinheiro do Mundo”, já com cenas adicionadas de Christopher Plummer interpretando o magnata J. Paul Getty, após a inédita decisão de Ridley Scott de apagar completamente a performance de Kevin Spacey, em decorrência da chuva de denúncias de assédio contra o ator.

Porém, a substituição dos atores foi apenas uma das mudanças observáveis na prévia. Se o trailer anterior ainda com a presença de Spacey sob quilos de maquiagem apresentava um aparente filme de gângsters, de abordagem mais leve e referências pop, o novo vídeo agora mostra um longa de ação bem mais tenso, sombrio, nos moldes Tom Clancy.

O que nos leva a levantar a hipótese de que a substituição dos atores embaralhou o longa-metragem, o que teria feito Scott redefinir o tom da narrativa que seu filme teria.

Vejamos: diferentemente da primeira prévia, que conta com uma música sessentista do Zombies, “Time of the Season”, o novo vídeo dá mais espaço para Plummer e Mark Walhberg, além de se embalar numa trilha acidental que sugere a tensão, tanto quanto a nova fonte escolhida para os letreiros e – obviamente – a montagem.

Tudo isso não passa de uma hipótese, claro, mas não deixa de ser curioso. De qualquer modo, outras montagens facilmente encontradas no YouTube que transformam filmes como “O Iluminado”, numa divertida comédia familiar, ou “Um Duende em Nova York”, em um thriller, revelam que as prévias são capazes de vender a característica menos provável que um filme pode ter.

Por isso, mesmo lançado como um exemplar de ação de subtexto político, ou um drama policial com abordagem similar aos filmes de máfia de Martin Scorsese, a verdade é que “All the Money in the World” – nome original do longa – pode ser ainda uma terceira coisa que não foi exposta nos materiais divulgados pela Sony.

Uma coisa é certa: as mudanças de última hora já estão tendo impacto na temporada de premiação. Tanto Scott quanto Plummer, foram indicados ao Globo de Ouro, para Direção e Ator Coadjuvante, respectivamente. Ambos disputam o prêmio da imprensa hollywoodiana junto a Michelle Williams, indicada na categoria de Melhor Atriz – Drama.

Sendo assim, não nos resta outra opção que não seja aguardar o que o celebrado diretor de “Gladiador” e “Falcão Negro em Perigo” preparou para seu público. “Todo o Dinheiro do Mundo” estreia no próximo dia 25 nos cinemas ianques, e, deve chegar às telonas do Brasil, um mês depois.

 

Conteúdo nerd, com uma dose generosa de dendê

Comentários